quarta-feira, 26 de outubro de 2016

...E o carnaval são 3 dias, por Luís Leote

PARA MEMÓRIA FUTURA.
HÁ TEXTOS QUE DEVEM SER PRESERVADOS.
 
Luís Leote
 
Tudo indicava que ia ser mais uma normal operação de reabastecimento de víveres....



Saímos de Macomia, com os carros bem atestados de mantimentos, chegámos ao Alto do Delepa para começar a descer a Serra do Mapé.

Eu vinha sensivelmente a meio da coluna, a pensar nas palavras do tenente da CCS.
“ Ordenou-me que cortasse o bigode, porque na fotografia do bilhete de identidade, não o tinha”.
Já não era a primeira vez que me tinha avisado.

De repente, fez-se um alto à coluna.
As viaturas, que começavam a descer a serra, uma berliet, voltou-se sobre o lado esquerdo da picada, ficando de rodas para cima, e a carga toda espalhada.
Felizmente, ninguém ficou ferido.
 


Lembro-me que, após a comunicação do sucedido via radio, ao comando da CCS, a primeira pergunta foi se a viatura tinha ficado muito danificada.
Nem uma alusão a possíveis feridos!!!
 
Percebemos que tão depressa, não iríamos sair dali.
Montámos a segurança à volta da viatura, para de seguida preparar o seu resgate.
Da Mataca veio o furriel mecânico que ao chegar, tratou logo de fazer o registo fotográfico.

 

Preparámo-nos par passar lá a noite.
Se a memória não me falha, alguém montou umas latas de ração com pedras lá dentro, à volta do perímetro.
Acho que ninguém conseguiu dormir, especialmente depois de alguém ter dado dois ou três tiros na direção das latas que faziam barulho.
 
Trazer a berlirt cá para cima, tornou-se uma tarefa complicada, pelo que estava à vista uma segunda noite na picada.
Com duas noites e três dias na picada, estacionados e referenciados, prometi que se me safasse da terceira noite, faria a vontade ao tenente e cortaria o bigode, o que aconteceu.

Foi em Fevereiro de 1971, em pleno Carnaval.
Dizem que o Carnaval, são três dias.
FOI UM GRANDE CARNAVAL!!!!!
 
Luís Leote