domingo, 22 de junho de 2014

As comadres foram ao casório, por Duarte Pereira


PESSOAL
AQUILO É QUE FOI UMA BODA.
A NOIVA LINDA, O NOIVO ALENTEJANO.
 
 
NA ALTURA DA CERIMÓNIA DE REGISTO "A CANITA", QUE IA COLO DE UMA MENINA LÁ LEVOU AS ALIANÇAS AO PESCOÇO E A FUNCIONÁRIA DA CONSERVATÓRIA IA-SE MIJANDO A RIR.
 
O RESTO FOI QUASE TUDO IGUAL.
 
 
TUDO A COMER E BEBER DO MEIO DIA ATÉ À MEIA NOITE.
 
GOSTÁMOS DE UM TIPO QUE TOCAVA SAXOFONE AO PÉ DA PISCINA E VIMOS ALGUÉM LEVAR-LHE UMA GARRAFA DE ÁGUA.
(SEMPRE O MESMO)....
 

 
A COMIDITA AO ALMOÇO ESTAVA MUITO BOA E DEPOIS COMEÇOU A BAILAÇÃO.
 
TINHA DOIS " DEI-JEIS" E A MÚSICA PARECIA DE UMA BOÍTE.
QUASE NINGUÉM DANÇAVA AGARRADO, ERA TUDO A DAR AO CAPACETE.
 
 
ENQUANTO MUITOS DANÇAVAM "AQUELE QUE JÁ CONHECEM" ENTREVISTAVA OS FUNCIONÁRIOS DO BAR.
ACHAMOS QUE FICARAM AMIGOS. 


 
CÁ FORA MUITOS ALENTEJANOS À SOLTA QUE FALAVAM NO ALENTEJO DE CIMA E DE BAIXO.
OS DE BAIXO ESCORREGAVAM PARA O ALGARVE.
 
A HISTÓRIA DO POLÍCIA E DO CHUVEIRO.
OUVIMOS UMA DE UM PAU DE FIO, MAS NÃO DEU PARA PERCEBER.
 
ENFIM. FOI ENGRAÇADO.
 
AGORA VAMOS MUDAR DE ROUPA QUE TAMBÉM FOMOS CONVIDADAS PARA A LUA DE MEL DOS NOIVOS.
  •  
    Duarte Pereira E QUEM É QUE ANDAVA POR LÁ ESCONDIDO ?????

  • Foto de Duarte Pereira.

     
  •  
    Duarte Pereira A ISABEL, MUITO ROMÂNTICA, DIZ QUE PAREÇO UM "GATO PINGADO" NUM FUNERAL !!!
     
  • Gilberto Pereira COM A BEBEDEIRA CAÍSTE NO VASO DAS FLÔRES.