domingo, 15 de junho de 2014

As comadres e o Sr. Duarte, por Duarte Pereira


NINGUÉM GANHA AO SENTIMENTO.

O SR DUARTE TEM NA COZINHA UMA TRAVESSA PENDURADA QUE DIZ ASSIM:
 

ALMOÇO CONVÍVIO BAT/CAV 3878
1/06/2002 VIANA DO ALENTEJO.

QUANDO O SR DUARTE CHEGOU A CASA ARRANJOU UM SÍTIO PARA PENDURAR NA COZINHA E FEZ UMA PROMESSA:

SÓ TE LAVO QUANDO VOLTAR AO ALENTEJO
PARA UM ALMOÇO CONVÍVIO.

CALCULEM COMO ESTÁ A TRAVESSA, QUE TEVE DE PASSAR COM UM ESFREGÃO DE ARAME PARA TIRAR OS DIZERES QUE COLOCAMOS AQUI NA PÁGINA.

NO ÚLTIMO ALMOÇO HOUVE AQUELA OFERTA DO CASAL BENTO QUE FOI ACEITE.

HÁ TRÊS ANOS A ANDAR PARA CIMA, O QUE É BOM PORQUE A MAIOR PARTE DOS EX COMBATENTES ESTÃO PARA NORTE DO TEJO.

O SR DUARTE É CARANGUEJO E DIZEM QUE ELES ANDAM DE LADO.

É LONGE PARA OS DO CENTRO E DO NORTE, MAS TAMBÉM NÃO E PERTO PARA ELE.
 
 

PARA QUÊ COMPLICAR., SE JÁ HÁ UM VOLUNTÁRIO, MESMO COM PALAVRAS SIMPÁTICAS QUEREM ARRANJAR UM À FORÇA.
O RIO DEVE SEGUIR O SEU CURSO, NÃO GOSTA DE DESVIOS.
HÁ QUE CHEGAR AO MAR E PARA O ANO O MAR FICA MAIS PERTO DO ALQUEVA.

BEIJINHOS PARA TODOS

VAMOS DORMIR.

OS QUE VÃO, CUBRAM-SE, PARECE QUE IRÁ ESTAR FRIO.

NÃO QUEIRAM POR FAVOR "COBRIR" MAIS O SR DUARTE.

"DE MIMOS"