quinta-feira, 15 de agosto de 2013

SALIM, por Fernando Lourenço



Salim, creio ser o nome deste amigo que por lá deixei e não mais soube dele.

Culpa minha.

Era pescador, passámos muitas horas a conversar sobre todo o tipo de temas.

Foi o meu primeiro contacto com alguém com a religião e tradição muçulmana.

Fui ao seu casamento.

Muçulmano claro.

Que teve a particularidade de os convidados principalmente os familiares mais próximos, tanto dele como da noiva, ficarem à porta de casa à espera que ele viesse mostrar que o casamento tinha sido consumado, mostrando o lençol!...

Fernando Lourenço (20130704)