segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Se eu fosse poeta, por Paulo Lopes


Se eu fosse poeta
e viesse a compor
um poema perfeito
seria para ti.

Se esse poema fixasse minhas horas
mostraria que em tudo te encontro:
nas palavras o teu nome
nos meus olhos fechados a tua imagem
nas pessoas a tua presença
nas crianças o teu sorriso.

E nesse poema perfeito
se o desfiasses palavra por palavra
verias nele luz vida e cor
porque o poema eras tu.

paulo lopes (1975)