domingo, 18 de setembro de 2016

Partiste...E levaste-me para a memória de há 44, 43 e 42 anos atrás, por Rui Brandão

Partiste...
E levaste-me para a memória de há 44, 43 e 42 anos atrás.
 
Só tu (e mais alguns...) me conseguiram fazer viver momentos de alegria e felicidade no ambiente de angústia e incerteza no futuro, do quotidiano de Macomia.
 
Após o telefonema de ontem do sempre atento e disponível Silva (1º cabo escriturário da C.C.S.) deixei-me transportar para os dias em que me escondias os meus ovos de pata.
Chamava-te de tudo; cão São Bernado em estilo de cão rafeiro!!!
 
As partidas cons...tantes que me pregavas.
 
Eras fantático na comunicação brincalhona sempre pura e saudável.
 
Recordas-te meu carinhoso "cão"?
Quando me foste buscar - a mim e à minha mulher e à Chana com 17 meses - após aquele terrível, estúpido e demasiadamente prolongado ataque a Macomia à morteirada?
 
Estávamos indefesos, talvez serenos, mas isso mesmo: Indefesos.
Foste-nos buscar e levás-te-nos para o quartel.
 
Nos dias seguntes, tu e os teus homens montaram proteção à minha casa durante alguns dias. Protegeste a minha família!!!
 
Como é que eu não poderia ir contigo nessa viagem de ontem à noite?
 
Como é que eu te poderei agradecer?
 
Já sei meu querido "cão"...
Tu não queres que te agradeça.
Tu és mesmo assim.
 
Como eu te pude conhecer...
Como tu te deste a conhecer.
Só pode acontecer a quem é puro, intelectualmente honesto, solidário e acima de tudo, amigo de verdade do seu amigo.
 
Desta vez pregaste-me mais uma partida.
Esta foi a última.
 
Deixa lá, vou tentar reagir da mesma maneira.
Vou-te chamar cão rafeiro novamente, mas desta vez não consigo conter as lágrimas.
Nunca me irei separar daquilo que retive de ti.
Até já meu querido "cão".
 
 
Duarte Pereira Rui Brandão.
Tinha um pressentimento que irias aparecer.
Gostei que o fizesses ao teu estilo.
 
Americo Coelho Só agora li.
Só agora soube.
Mas fiquei parado durante algum tempo.
A conversa que tive com ele há dias deixou de ter sentido.
Será que ele já sabia?
Tenho saudades de ter nova conversa.
Até um dia destes.
 
Fernando Silva Antonio Lindas palavras !
Querido Rui Brandão, esta dito!
Paz à sua ALMA .

 
João Novo Brandão, um abraço.
 
Horácio Cunha Certamente, que o Brandão testemunhou aqui os sentimentos que todos nós nutrimos pelo desaparecimento deste bom amigo Bernardo.
Aquele abraço, Rui Brandão

José Guedes Amigo Rui Brandão, quase nem consegui ler até ao fim, pois fiquei emocionado e com as lágrimas nos olhos,.. estes momentos são difíceis de se poder superar, mas temos que estar preparados para tudo isto, este mundo é uma passagem,,, amanha se Deus quiser lá estarei para me despedir dele para a sua última morada,......
 
 
Armando Guterres Um abraço para todos.
 
Filomena Maria Paiva Que descanse em paz, os nossos sentidos pesamos para toda a família, da família Paiva, José Paiva
Jaime Santos Caro Rui, isto é a lei da vida, temos que encarar estas partidas da melhor maneira possível, os meus sinceros pêsames à família direta a à outra, que somos todos nós.