domingo, 1 de dezembro de 2013

Refeitório - Foto José Capitão Pardal

Texto do Livre Pensador (Ribeiro) para o Duarte Pereira

.....///.....

Também penso que sim, Duarte Pereira.

A nossa sorte foi que quase todas as munições de foguetão 122 caíram a menos de 50 metros do quartel.

Dentro deste, apenas caiu uma que destruiu grande parte do refeitório e inutilizou um dos obuses com que estávamos a responder ao ataque.

Quase ao fim duma hora de combate fomos obrigados a pedir apoio aéreo dos Fiats, porque também estávamos a ficar sem munições.

Acrescente-se, que ao mesmo tempo que decorria este ataque, a ponte do Messalo foi também atacada e um grupo de combate que saiu do quartel para ajudar o pessoal da ponte foi emboscado logo à saída do Chai.

Aquilo que hoje em dia se poderia chamar de 3 em 1.
Abraço.
Ribeiro